Como é possí­vel?

Versão de impressão

Estacionamento Anormal

Neste artigo iniciámos uma rubrica onde todos podem apontar erros e apresentar soluções para situações que se encontrem por resolver na nossa Vila.

Como primeira situação, apresento a zona envolvente ao Centro de Saúde.

Ora como é do conhecimento, o Centro de Saúde não dispõe de Parque de Estacionamento para "utentes" e com o corte da estrada nacional a REFER, inconscientemente, criou um largo onde as pessoas estacionam as suas viaturas e se deslocam ao Centro de Saúde, deixando toda aquela zona num perfeito caos.

Agora, responsabilidades!?

Instituto de Estradas de Portugal. É necessário continuar a alertar essa Instituição para esta situação. Fica esta foto para demonstrar...

"Estacionamento" junto ao Centro de Saúde.

 

Cedido por Rui Pedro Carvalho. Apoiado também no fórum por MAIS.

Categoria:

Comentários

Confirmo o que dizes, também moro aí­ e é sempre a mesma confusão desde que a estrada nacional foi cortada. Há ´que tomar decisões!!! criem 1 parque em condições!

confirmo. sobreira devia ter menos terra batida e mais alcatrão, isto se não for pedir muito. Ou então paralelos... Viva a Sobreira

Já agora que se fala nas ruas, eu gostaria de deixar uma mensagem aos responsáveis pelas estradas, em casconha as ruas são em paralelo, e como se isso não chega-se este está bastante danificado, o que danifica todos os carros  de todos os moradores que utilizam as essas ruas. (o snº presidente é que não passa da sua casa para cima por isso não lhe faz diferença.

R.C. CASCONHA

é incrivel como o presidente da junta de sobreira só tem olhos para alguns lugares de sobreira, e que até em stª comba já tem várias astradas em alcatrão, mas no resto da vila ainda existe bastantes estradas em paralelo danificado e em terra batida. o snrº presidente que ganha vergonha na cara e que ajude a cruz vermelha, pois esses merecem ser ajudados porque são voluntários e ainda tem de por dinheiro do próprio bolso para conseguir pagar a ambulamcia nova  

Boa tarde

Pior do que isso é bloquearem o acesso ás casa desse rua.

Já houve uma situação de emergência medica em que não havia como colocar a ambulancia mais perto da rua.

Deve-se alertar as entidades responsaveis para ver se os condutores aprendem a respeitar o proximo.